quarta-feira, 17 de outubro de 2012

36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo



Há tempos que eu namoro isso aqui. A Mostra de Cinema São Paulo sempre foi uma fascinação, às vezes surgia como realidade distante, o sonho cinéfilo à espera de realização. E hoje estou aqui nessa cidade louca e borbulhante, disparando filmes para todos os lados, comigo tentando dar conta daquilo que me cai nas mãos em forma de cinema. Tudo parece acontecer muito rapidamente (é a cidade que impõe seu ritmo), mas o desafio é aproveitar suas possibilidades.

A Mostra é a oportunidade de ter contato com os novos filmes de grandes cineastas contemporâneos ao mundo, ver ou rever os clássicos consagrados que retornam à tela grande, além de poder descobrir novos autores, se jogar no desconhecido, arriscar por filmes sombrios, se embaralhar nessa rede de oportunidades mil, querendo sair melhor, mais realizado. Ileso jamais, pois creio que a experiência do filme nos modifica de alguma forma. Se não acreditasse nisso, não faria o que faço agora.

Tentarei escrever as primeiras impressões sobre todos os filmes vistos aqui no blog, mas também alguns textos poderão ser encontrados no site Coisa de Cinema. Então, que o cinema reine por esses dias. O tempo não há de parar. É hora de dobrar a cidade.

2 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

faz tempo que não vou na mostra de sp

O Falcão Maltês

Rafael Carvalho disse...

Antonio, perdeu o gosto por isso aqui? Agora eu quero vir sempre!