segunda-feira, 21 de julho de 2014

6º Paulínia Film Festival


Desde quando o Festival de Paulínia surgiu, lá em 2008, sempre tive a impressão de um evento suntuoso, que já chegava com força no cenário de mostras e festivais de cinema, fenômeno em crescimento pelo Brasil. Curiosidade nunca faltou de poder participar de alguma edição. Desejo será atendido.

Desta vez e eu estarei lá, à convite do evento, para respirar cinema e traduzir em palavras o que me for oferecido em termos de imagens e sons em movimento. Este ano com uma novidade para os soteropolitanos: escreverei algumas matérias no Jornal A Tarde. Mas também manterei por aqui a cobertura crítica dos filmes, especialmente das mostras competitivas de longas e curtas nacionais. O evento começa nessa terça e vai até domingo, 27.

Nessa sexta edição, depois de estanque por dois anos por entraves políticos (na verdade, no final do ano passado houve um revival do festival, mas sem competição), o festival volta com grande força, pela sua premiação volumosa em dinheiro e pela atração de filmes nacionais inéditos de gente muito boa e interessante. Como diferencial, haverá, pela primeira vez, exibição de filmes internacionais, parceria com a distribuidora brasileira Imovision, que comemora em Paulínia aniversário de 25 anos na ativa. 

Portanto, vem aí mais uma maratona. Estou aberto aos filmes, veremos o que eles nos reservam. Para acessar a página oficial do evento, clica aqui.

3 comentários:

Paulo Gomes disse...

Parabéns Rafael!Já era tempo de vc ser descoberto pela mídia baiana e também pelos produtores de festivais de cinema. Trabalho e competência vc tem só falta sorte.Vou ficar torcendo para que as coisas continuem dando certo.Um abraço.Lembra-se do pai de Juliana?

Stella Daudt disse...

Seja nossos olhos em Paulínia, Rafael! Com você por lá ficaremos bem informados. Estou torcendo para que "Infância" seja muito premiado!

Rafael Carvalho disse...

Claro que eu lembro, Paulo, bom saber que você ainda acessa essa humilde página. Obrigado pelos votos e pela torcida. Abraço forte.

Obrigado, Stella. Aos poucos fui escrevendo sobre os filmes, coisas bem interessantes saíram de lá. Abraço.