domingo, 1 de maio de 2011

Filmes de abril


1. Que Mais Posso Querer
(Silvio Soldini, Itália/Suíça, 2010) **

2. Lope (Andrucha Waddington, Espanha/Brasil, 2010) ***

3. Uma Manhã Gloriosa (Roger Michell, EUA, 2010) *½

4. Jericó (Christian Petzold, Alemanha, 2008) **

5. O Pecado de Todos Nós (John Huston, EUA, 1967) ***

6. O Ciúme Mora ao Lado (Mika Kaurismäki, Finlândia, 2009) **½

7. Os Brutos Também Amam (George Stevens, EUA, 1953) ****

8. Vidas em Fulga (Sidney Lumet, EUA, 1960) ***½

9. Cópia Fiel (Abbas Kiarostami, França/Itália/Bélgica, 2010) ****½

10. Rio (Carlos Saldanha, EUA, 2011) **

11. Pânico 4 (Wes Craven, EUA, 2011) **½

12. Essa Loira Vale um Milhão (Vincente Minnelli, EUA, 1960) **½

13. A Sétima Alma (Wes Craven, EUA, 2010) ***½

14. A Garota da Capa Vermelha (Catherine Hardwicke, EUA/ Canadá, 2011) *½

15. Minha Versão do Amor (Richard J. Lewis, Canadá/Itália, 2010) **

16. Alexandria (Alejandro Amenábar, Espanha, 2009) **

17. Amor? (João Jardim, Brasil, 2010) ****

18. A Mãe (Vsevolod Pudovkin, União Soviética, 1926) ****½

19. O Fim de São Petersburgo (Vsevolod Pudovkin e Mikhail Doller, União Soviética, 1927) ****

20. A Pacificadora (Miklós Jancsó, Itália/França/Alemanha Ocidental, 1970) ****

21. Incêndios (Denis Villeneuve, Canadá/França, 2010) ***

22. A Megera Domada (Franco Zeffirelli, EUA/Itália, 1967) **


Revisões:

23. Gata em Teto de Zinco Quente (Richard Brooks, EUA, 1958) ****½

24. Tio Boonmee que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (Apichatpong Weerasethakul, Tailândia/Reino Unido/França/Alemanha/ Espanha/Holanda, 2010) ***½

25. Um Lugar ao Sol (George Stevens, EUA, 1951) ****½

26. Pânico (Wes Craven, EUA, 1996) ****


5 comentários:

Stella Halley disse...

Pouco assisti da lista de abril, Rafael. "Alexandria" foi um desses e me chocou bastante pela parcialidade. Mostra os cristãos como um grupo de pessoas sujas e fanáticas. Apesar de todo o talento de Rachel Weisz, não consegui levar o filme a sério. De onde o Alejandro Amenábar e Mateo Gil tiraram essas idéias?

Matheus Pannebecker disse...

Dos que eu assisti:

Uma Manhã Gloriosa 6.5
Cópia Fiel 6.5
Rio 7.5
Pânico 4 7.5
Pânico 8.0

Rafael Carvalho disse...

Pois é Stella, a Weisz é de longe a melhor coisa do filme. A parcialidade nem me incomoda tanto, mas o roteiro é bem fraco, com personagens pouco desenvolvidos e intriguinhas bobas e forçadas.

Matheus, não compartilho com toda a louvação que fazem de Pânico 4, mas até que se sai bem para um filme que reprocessa tanta coisa do anteriores. Nem de Rio que acho bem equivocado, tanto na caricatura (mais uma vez) que fazem do Brasil (e dessa vez pelas mãos de um brasileiro), mas principalmente porque achei o roteiro fraquíssimo, sem propósito, com um senso de comédia meio abobalhado. Já Cópia Fiel merecia uma nota bem maior, é até então meu melhor filme do ano.

Alex Gonçalves disse...

Uma Manhã Gloriosa - ***
O Pecado de Todos Nós - *****
Cópia Fiel - ***
Rio - **
Pânico 4 - ****
A Sétima Alma - **
A Garota da Capa Vermelha - **
Alexandria - ****
Gata em Teto de Zinco Quente - ***
Um Lugar ao Sol - ****
Pânico - ****

Quero comprar e ler "A Versão de Barney" antes de conferir o filme.

Um abraço!

Rafael Carvalho disse...

Bem Alex, como era de se esperara, mais discordâncias do que o oposto. Cópia Fiel é, até então, para mim, o melhor filme do ano, trabalho imbatível e inusitadao do Kiarostami. Gata em Teto de Zinco Quente com aquele texto cortante do Tennessee Williams é uma maravilha de construção e desenvolvimento de personagens, com uma atuação luminosa da Liz Taylor. E Alexandria, apesar das boas intenções, me parece simplesta em vários momentos.